NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sexta-feira, 22 de Janeiro de 2021
POLÍCIA
Terça-feira, 05 de Janeiro de 2016, 20h:35

ONDA DO MAL

Duas mulheres estupradas em assaltos

No que parecer ser uma nova onda em Mato Grosso, mulheres estão sendo sendo abordadas por assaltantes, roubadas e maltratadas

Se já não bastasse a perda de bens pessoais, agora o que parece ser uma nova onda faz sofrer ainda mais as mulheres vítimas de assaltos. Duas -- uma menina de apenas 12 anos, em Cuiabá, e uma mulher de 39 em Primavera do Leste -- foram estupradas enquanto suas casas passavam por esse tipo de crime em menos de 24 horas (entre a madrugada desta terça-feira e a noite de segunda-feira, em Mato Grosso. Sem contar o estupro seguido de assassinato da jovem Glaucia Sacchi Barbosa, 18, em Juína, na antevéspera deste último Natal e da mulher amarrada e estuprada por dois bandidos em setembro passado em Várzea Grande, na frente do marido. No caso mais recente, a mulher de 39 anos foi estuprada na madrugada desta terça-feira (5) dentro de sua casa, no bairro Jardim Riva, em Primavera do Leste (239 quilômetros de Cuiabá). Segundo o relatado pela própria vítima à Polícia Militar, ela chegou em casa depois de mais um dia de trabalho, abriu a porta e entrou. Lá dentro, encontrou o homem desconhecido que rapidamente a trancou pelo lado de dentro, a imobilizou, impediu de sair ou reagir, tirou-lhe a roupa e ali mesmo a estuprou. Ele fugiu na sequência, levando alguns de seus pertences. Com dores, a mulher pediu ajuda por telefone ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que a socorreu até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. O crime está em investigação pela Polícia Civil. Já em Cuiabá, a vítima foi uma menina de apenas 12 anos. Ela é moradora do bairro Nova Esperança e foi submetida a uma violência ainda maior, pois foram dois os bandidos que a estupraram em sequência, revezando-se enquanto roubavam sua casa, no fim da tarde de segunda-feira (4). Segundo relato da menina e de outra garota que estava em sua companhia no momento do crime, os dois bandidos chegaram de moto, invadiram a casa e perguntaram se elas estavam sozinhas. Não tiveram como mentir e na sequência a moradora da casa foi levada para o quarto e lá, estuprada pelo primeiro homem, que saiu e foi substituído pelo segundo bandido. Depois de roubarem alguns pertences, como os celulares delas, os dois subiram na moto e fugiram. As meninas pediram ajuda logo depois que foram soltas, mas a Polícia Militar não conseguiu prender ninguém. À menina, restou ser atendida em um hospital depois de passar por um exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML). Os policiais entraram em contato com o pai da menina e encaminharam-na até a Central de Flagrantes, para o registro da ocorrência. Um inquérito foi aberto e o caso está sendo investigado pela Polícia Civil, através da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica).

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Qual deve ser a prioridade do 2º mandato do prefeito Emanuel Pinheiro?
Melhorar o transporte coletivo
Tornar a Saúde Pública acessível a todos
Ampliar a Assistência Social
Educação para todos
PARCIAL