NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sábado, 15 de Agosto de 2020
POLÍCIA
Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019, 09h:08

JACIARA

Ex-tabelião é preso por falsificação de documentos públicos

Um idoso ex-tabelião e procurado pela Justiça de Jaciara, com quatro mandados de prisão decretados em seu desfavor, foi preso pela Polícia Judiciária Civil, em Cuiabá, durante ação da Gerência Estadual de Polinter e Capturas. Natural da Bahia, Eurico Victor de Oliveira, 79 anos, estava com quatro ordens judiciais de prisão, expedidas pelo juízo da Comarca de Jaciara (144 quilômetros, ao sul de Cuiabá).

Ele responde por crimes de falsificação de documento público, estelionato, uso de documento falso, entre outros. O suspeito foi localizado pelos policiais civis da Polinter, após minucioso trabalho investigativo para levantar o paradeiro do foragido. Após monitoramento ele foi preso na quarta-feira (21), em uma residência no bairro Despraiado, na capital.

Oliveira foi denunciado pelo Ministério Público Estadual, nos autos de processo que correu entre os anos 2001 e 2002. Ele desempenhava a função de Tabelião Substituto no Cartório do 1ºOfício do município de Jaciara, ocasião em que falsificou documentos com o propósito de adquirir uma propriedade rural com área de terra de aproximadamente 484 hectares.

Segundo apurado, o idoso em coautoria elaborou a procuração falsa, forjou e inseriu em documento público, informações inidôneas consignadas em documentos destinados a gerar direitos e obrigações. Com a prisão do suspeito em cumprimento aos mandados judiciais, Oliveira foi conduzido à Polinter para as providências necessárias, e, posteriormente, apresentado para audiência de custódia no Fórum de Cuiabá.

 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O Brasil já ultrapassou as 100 mil mortes pela Covid-19. Para você, quem tem culpa?
O presidente Jair Bolsonaro
Os governadores
Os prefeitos
Ninguém. A doença é incontrolável
PARCIAL