NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sexta-feira, 18 de Setembro de 2020
POLÍCIA
Segunda-feira, 10 de Agosto de 2020, 10h:45

VIOLÊNCIA SEM FIM

Grávida, mulher fica 7 dias em cárcere, espancada e ameaçada de morte

Ela estava presa e sem poder sair de casa, muito menos olhar na janela, no bairro São José, em Cuiabá

TÉO GOMES
Da Reportagem
Divulgação
O caso foi registrado na Central de Flagrantes e transferido para a Delegacia da Mulher

Sete dias em um cárcere privado, maltratada, humilhada e espancada com socos, chutes e ameaçada de morte, uma mulher de 32 anos, que está grávida, escapou da morte e denunciou o marido, preso pela Polícia Militar.

O mulher estava presa e sem poder sair de casa, muito menos olhar na janela, na casa do casal, no bairro São José, em Cuiabá.

Ela contou à Polícia, quando conseguiu se livrar do marido violento, que, durante esses sete dias em cárcere, foi agredida e ameaçada de morte.

A vítima, ainda muito traumatizada, contou que não´podia nem mesmo se comunicar com seus familiares, pois o marido tomou seu celular.

A mulher contou que conseguiu fugir de casa e pediu carona para desconhecidos, na Avenida Fernando Corrêa da Costa.

Tudo começou quando a mulher voltou do Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, onde foi ver passagens para visitar os pais em Brasília, de onde é natural.

Na volta, na terça-feira (4), ela conta que foi presa pelo marido dentro da casa, ficando incomunicável, além ser espancada e de ter pouca comida.

Além das agressões físicas, ela disse passou os últimos dias sofrendo agressões verbais e psicológicas, bem como violência financeira.

A vítima está há cinco meses em Cuiabá e, a menos de três meses. passou a se relacionar com o homem.

Violento e agressivo, ela também a obrigou a deixar o trabalho.

A vítima disse que vai voltar para a casa dos pais, pois teme ser morta quando o homem deixar a cadeia.

Ela disse grávida do acusado, pois fez uma teste de farmácia e o resultado foi positivo.

Após a fuga e a denúncia da mulher, a PM fez diligências na casa do agressor, e deu voz de prisão ao homem, que confirmou uma briga com a esposa.

O caso foi registrado na Central de Flagrantes, onde o homem foi autuado em diversos crimes contra a mulher e contra a vida, mas o caso será transferido para a Delegacia de Defesa dos Direitos da Mulher.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
MT terá eleições simultâneas para vereador, prefeito e senador? Você já escolheu seus candidatos?
Sim
Não
Vou anular os votos
Nenhum dos candidatos presta
PARCIAL