NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Domingo, 09 de Agosto de 2020
POLÍCIA
Quinta-feira, 23 de Junho de 2016, 20h:43

PRISÃO

Grupo é perseguido por 70 quilômetros

RODIVALDO RIBEIRO
Da Reportagem
Um grupo de quatro assaltantes -- formado por Gabriel Henrique Cruzeiro Gomes, Tiago Barreto Silva, Gustavo Roger do Amaral Silva e Guilherme Cândido Serafim da Silva, todos por volta dos vinte anos -- foi preso pelos policiais militares do 4º Comando Regional, em Rondonópolis (MT), após uma perseguição iniciada ainda no município goiano de Alto Garças e que se estendeu por mais de 70 quilômetros, somente em território mato-grossense. Os contornos da história são cinematográficos, pois o quarteto roubou um automóvel Hyundai HB-20 na segunda-feira (20), na cidade de Jataí (GO), atravessaram para Mato Grosso e chegaram a Alto Araguaia, onde assaltaram um restaurante especializado em panquecas. Detalhe: tudo isso foi feito com os ladrões munidos de duas pistolas de brinquedo. Já com o carro carregado com diversos celulares, joias, dinheiro e até sapatos roubados dos clientes e donos do restaurante, a história deles só começou a azedar quando essas vítimas ligaram para a Polícia Militar mato-grossense, que iniciou uma emboscada contra eles na altura da BR-364. Após ter rodado já setenta quilômetros em Mato Grosso, por onde passearam com o carro roubado e tudo que roubaram no restaurante da área central de Alto Araguaia, acabaram surpreendidos pela Polícia Militar de Mato Grosso (que havia sido alertada pelos colegas policiais goianos e também do município vizinho), já na entrada de Alto Garças. Cercados, não tiveram como reagir, pois as pistolas feitas de plástico não teriam como fazer frente a armas de verdade. Além do carro, com eles foram apreendidos os dois simulacros de semiautomáticas, seis celulares, uma furadeira, carregadores de celular, dinheiro e relógios, entre outros pertences.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL