NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Segunda-feira, 10 de Agosto de 2020
POLÍCIA
Sexta-feira, 31 de Julho de 2020, 11h:57

CRIME ORGANIZADO

PF faz operação contra traficantes que agem na região do Pantanal

Investigações de mais de um ano apontam que quadrilhas atuam com cargas e descargas em aeronaves e por barcos

TÉO GOMES
Da Reportagem
Divulgação
A operação da PF é realizada em Cuiabá, Poconé e Livramento: alvos são grandes traficante de cocaína que agem na região do Pantanal

A Polícia Federal cumpriu, na manhã desta sexta-feira (31), quatro mandados de prisão e quatro de busca e apreensão, no contexto da Operação Alagados, de combate ao tráfico de drogas.

As ações ocorreram em Poconé (100 km ao Sul de Cuiabá).

Os alvos são traficantes apontados como de alto poder aquisitivo, pessoas conhecidas, que, apenas no ano passado, conseguiram muitos milhões de reais com o tráfico de mais 300 quilos de cocaína pura.

Neste período, foram apreendidas mais de uma tonelada de "pó puro".

Segundo investigações de mais de um ano, os traficantes presos agiam, principalmente, na região do Pantanal de Mato Grosso, com cargas e descargas de "pó puro" em aeronaves e por barcos. Por isso, a denominação de "Operação Alagados".

Os mandados, segundo a PF,  foram expedidos pela Justiça de Poconé.

Até o momento, três pessoas já foram presas e tiveram suas casas revistadas.

Uma delas foi presa na região em uma fazenda de grande porte, na zona rural da cidade Nossa Senhora do Livramento (42 km ao Sul de Cuiabá).

Segundo ainda a PF, outras duas pessoas foram presas em lCuiabá. A PF não revelou nomes.

Os policiais federais ainda estão em campo, na tentativa de prender o quarto traficante, que estaria escondido na região pantaneira, na altura da cidade de Santo Antonio de Leverger (34 km ao Sul da Capital)

DESDOBRAMENTO -  A "Operação Alagados", segundo a PF, é  um desdobramento de uma ação conjunta entre os policiais federais e os policiais do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron).

Numa das investidas pelos PFs e pelo Gefron, no último mês de maio, foram apreendidos 228 quilos de pasta base de cocaína, na região do Pantanal.

Dentro desta mesma investigação, em conjunto das PF de Mato Grosso e São paulo, além do Gefron, foram apreendidos 937 quilos de de cocaína pura, que saíram da Bolívia, via Mato Grosso.

O carregamento foi apreendido em São Paulo.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL