NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sexta-feira, 07 de Agosto de 2020
POLÍCIA
Sábado, 04 de Julho de 2020, 15h:53

APÓS TIROTEIO

PM mata bandido acusado de assassinar comerciante em MT

O confronto entre policiais militares e bandidos aconteceu na noite sexta-feira (3), no distrito de Brianorte, em Nova Maringá

TÉO GOMES
Da Reportagem
PMMT
Ação da Força Tática resultou na prisão de traficantes boloivianos

A Polícia Militar matou mais dois bandidos, em mais um confronto.

Uma dor mortos é apontado como autor de um crime de latrocínio contra a comerciante Maria Deusalina Freire Carvalho, de 34 anos, na cidade de São José do Rio Claro (315 km ao Norte de Cuiabá), no dia 23 de junho.

O confronto armado entre policiais militares e bandidos aconteceu por volta das 19h de sexta-feira (3), no distrito de Brianorte, em Nova Maringá (470 km ao Norte de Cuiabá).

Ainda pela manhã de sexta-feira, os mesmos bandidos já haviam enfrentando policiais militares, em uma região de mata de Brianorte, durante uma tentativa de abordagem para prisão dos dois acusados.

Os policiais militares pediram reforço, pois os bandidos estavam em fuga, quando os policiais da Cavalaria e Força Tática de Nova Mutum (267 km ao Norte de Cuiabá), uma equipe do helicóptero do Ciopaer e da Rotam montaram uma operação para prender os bandidos.

Numa segunda tentativa de abordagem, mais uma vez, os bandidos resolveram enfrentar os policiais a bala, quando houve reação e os dois foram mortos.

De acordo com o comandante da Companhia de Polícia Militar de São José do Rio Claro, tenente-coronel Cristyano Vasconcelos, um dos bandidos, que tinha 18 anos, é apontado como autor do latrocínio da empresária.

O segundo bandido tinha 20 anos e  também teria participação no mesmo crime.

Os dois estavam com prisão preventivas decretadas pela Justiça. Por isso, resolveram não se entregar.

O LATROCÍNIO - No dia 23 de junho, dois bandidos chegaram em uma moto ao comércio de espetinhos de Maria Deusalina Carvalho e anunciaram o assalto.

Ela tentou reagir, ao pegar uma pistola que guardava em baixo do balcão, mas não deu tempo, pois um dos bandidos começou a atirar e ela morreu na hora,

Desde então os dois latrocidas era caçados pela PM.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL