NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Terça-feira, 07 de Julho de 2020
POLÍCIA
Quinta-feira, 24 de Novembro de 2016, 20h:30

TRÁFICO

Polícia apreende drogas em Rondonópolis e Sinop

Uma denúncia apurada por policiais pela Divisão de Entorpecentes da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos, da Polícia Judiciária Civil de Rondonópolis (distante 212 quilômetros ao sul de Cuiabá), culminou na apreensão de 30 quilos de maconha, no final da tarde de quarta-feira (23). A substância entorpecente distribuída em 25 tabletes foi encontrada em uma casa, no bairro Jardim Gramado, tida como boca de fumo e que era gerenciada por Diego de Souza Costa, 26 anos. O jovem foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. No imóvel também foram apreendidos balança de precisão, celulares e R$ 880 em dinheiro. Policiais que trabalharam na investigação disseram que a denúncia se referia a uma pont de comércio de entorpecentes que estaria funcionando próximo a uma escola e de grande movimentação de supostos clientes. O delegado Regional de Rondonópolis, Claudinei Lopes, informou que a quantidade de droga foi a maior apreensão ocorrida desde agosto, quando a Derf também passou a atuar como Delegacia de Entorpecentes. Denúncias referentes a tráfico de drogas e outros crimes de roubo e furto podem ser encaminhadas no Whatsapp da Derf de Rondonópolis, cujo número é (66) 99725-0197. SINOP – Já em uma investigação da Divisão de Homicídios em conjunto com a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), da Polícia Judiciária Civil de Sinop (500 km ao Norte), sobre a procura de duas pessoas foragidas da Justiça, levou à apreensão de 21 tabletes de maconha na tarde de quarta-feira (23). As buscas aos foragidos foram intensificadas na região dos bairros Vila Mariana, Sebastião de Matos e Jardim Umuarama. Durante as diligências, no barro Umuarama 2, os investigadores encontraram, no interior de uma casa, usada por criminosos para o comércio de drogas, uma mala preta com os tabletes dentro. Segundo os policiais que participaram da ação, a residência fica em frente uma escola e dentro dela não havia móveis, somente a droga. As investigações agora prosseguem para identificar e qualificar os proprietários dos entorpecentes.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você achou da decisão da Justiça de decretar lockdown em Cuiabá e VG?
Acertada
Demorou
Antes tarde...
Tanto faz
PARCIAL