NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2021
POLÍCIA
Quarta-feira, 27 de Janeiro de 2021, 11h:00

TRÁFICO, MORTE, ARMAS...

Polícia mira facção que ostentava armas ao som de funk nas redes

Grupo criminoso atuava na cidade de Poconé; tráfico de drogas seria a principal atividade da quadrilha

Da Redação

A Polícia Civil de Poconé (104 km ao Sul de Cuiabá) deflagrou, na manhã desta quarta-feira (27), a Operação Dislike, para cumprimento de oito ordens judiciais.

O objetivo da ação é desarticular grupos criminosos e esclarecer diferentes crimes ocorridos no município.

A ação, deflagrada com base em investigações da Delegacia de Poconé, conta com apoio de equipes de unidades da Regional de Várzea Grande, Polícia Militar e do Canilfron.

Os mandados - quatro de prisão e quatro de busca e apreensão domiciliar - foram decretados contra suspeitos que tiveram o envolvimento identificado em crimes de tentativa de homicídio, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e organização criminosa armada.

Entre os alvos da operação, está um traficante de drogas, apontado como o autor de uma tentativa de homicídio no dia 12 de novembro de 2020, na cidade.

Na ocasião, a vítima foi até a casa do suspeito e tentou barganhar uma pedra de crack pelo valor de R$ 8, sendo o valor cobrado R$ 10.

O traficante colocou o usuário para fora, o ameaçando de morte, porém a vítima permaneceu em frente a casa, momento em que o suspeito saiu e fez cinco disparos contra o rosto e o braço da vítima.

Os outros três alvos foram identificados em inquérito policial para apurar crimes de porte irregular de arma de fogo de uso permitido, integrar organização criminosa majorado pelo emprego de arma de fogo e associação criminosa armada.

Os suspeitos aparecem em um vídeo, veiculado em grupos de WhatsApp, portando armas de fogo (revólveres e pistolas) e fazendo gestos em alusão à facção criminosa.

Como trilha de fundo, um funk enaltece a prática de crimes e a atuação de criminosos.

No vídeo, foram identificados quatro suspeitos, porém um deles, João Vitor Aparecido de Arruda, foi vítima de homicídio ocorrido no dia 6 de dezembro, em Poconé.

De acordo com o delegado de Poconé, Maurício Maciel Pereira Júnior, a operação tem o objetivo de levantar novos elementos que contribuirão para as investigações, assim como impedir que os suspeitos identificados continuem atuando na prática de crimes no município.

“Os identificados possuem antecedentes criminais e segundo informações são integrantes de facção criminosa. A operação tem o objetivo de colher elementos que comprovem o envolvimento com a prática dos crimes, assim como a apreensão de drogas, armas de fogo e outros objetos de origem ilícita", disse o delegado.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Polícia Civil


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Qual o melhor modal de transporte público para Cuiabá e VG?
Prefiro o VLT
O BRT é melhor
Nenhum dos dois
Deveriam melhorar o atual sistema de ônibus
PARCIAL