NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 02 de Dezembro de 2020
POLÍCIA
Segunda-feira, 03 de Outubro de 2016, 19h:48

POLICIAMENTO

Policiais civis iniciam novo curso

Começou nesta segunda-feira (03.10) a 2ª edição do Curso de Investigação Policial e Táticas Avançadas. O curso é voltado para investigadores, escrivães e delegados que atuam na área fim das delegacias de polícia. Duzentos policiais da região metropolitana participam. A capacitação começou com policiais civis, lotados nas Delegacias de Roubos e Furtos (Derf), de Cuiabá e de Várzea Grande, e policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), que até o próximo sábado (08) passarão por intenso treinamento de atualização das práticas investigativas e tático-operacionais. O delegado-geral da Polícia Civil, Rogério Atílio Modelli, disse que o treinamento é uma necessidade constante na atividade de polícia judiciária. O curso terá 60 horas/aulas, sendo 20 horas de aulas ministradas pela Diretoria de Inteligência e outras 40 horas voltadas a instruções de CQB (combate em ambiente confinado), ofertadas pela Gerência de Operações Especiais (GOE), visando o cumprimento de mandado de busca e de prisão de alto risco, tiro policial e abordagens em veículos, edificações e de suspeitos. Uma das técnicas que também é abordada no treinamento é a sobrevivência policial. Em outubro de 2015, 64 policiais civis (investigadores, escrivães e delegados) da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), divididos em quatro turmas receberam a qualificação teórica e prática, na sede do GOE, em Cuiabá. A delegada regional de Cuiabá, Anaíde Barros, que à época era titular da DHPP, destacou avanços no trabalho desempenhado pela delegacia, após a realização do curso. “O resultado do curso foi tão positivo na motivação da equipe, na qualidade do serviço prestado, na defesa pessoal. Tudo isso foi muito positivo aos trabalhos. Entendemos a necessidade de ampliar esse curso, mas agora não só uma unidade específica, mas todas as unidades da região metropolitana”, disse. A delegada titular da Derf, Luciani Barros, reforçou que era grande o anseio dos policiais para iniciar o curso, em razão de estarem aguardando desde o ano de 2015. (Com Assessoria)

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Você acha que o Cuiabá Esporte Clube tem chance de acesso à Série A do Brasileirão?
Sim
Não
Ainda falta estrutura
Precisa investir no elenco
PARCIAL