NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Domingo, 09 de Agosto de 2020
POLÍCIA
Sexta-feira, 29 de Junho de 2018, 17h:17

FIGUEIRÓPOLIS

Preso suspeito de matar promotor de eventos queimado

Suspeito de atear fogo e matar um promotor de eventos, em Figueirópolis D'Oeste (410 quilômetros, ao oeste de Cuiabá), Wanderson Luiz Vieira, foi preso pela Polícia Civil (PJC) na quinta-feira, em Rolim de Moura (RO). O crime ocorreu no dia 13 de junho passado. Gilson de Oliveira, 41 anos, chegou a ser socorrido e levado para o hospital, mas morreu três dias depois. Vieira é suspeito de jogar álcool e atear fogo no promotor e no ex-namorado dele, o servidor público Augusto César Barbosa. O crime teria sido cometido por ciúmes. De acordo com relatos de testemunhas à polícia, o suspeito jogou uma jarra de álcool no corpo da vítima, vindo também a atingir o ex-namorado. Após, fugiu. Com 90% do corpo queimado, Gilson de Oliveira ficou internado no Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do pronto-socorro de Cuiabá. Em depoimento, os amigos contaram que o crime foi cometido depois de uma discussão. Vanderson Vieira teria ficado com ciúmes ao encontrar a vítima na casa do ex-companheiro, com quem tinha rompido o relacionamento há dois dias. A Polícia Civil de Jauru, que investigava o caso com apoio do Núcleo de Inteligência da Regional de Pontes e Lacerda, recebeu a informação de que o suspeito estaria em Rolim de Moura. Após troca de informações, uma equipe formada por policiais civis e militares de Rondônia conseguiu localizar Vieira e prendê-lo.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL