NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Terça-feira, 11 de Agosto de 2020
POLÍCIA
Quinta-feira, 25 de Julho de 2019, 01h:00

JUARA

Prisões chamam a atenção para casos de estupro de vulneráveis

Em aproximadamente 24 horas, dois homens foram presos por abuso sexual de menores. Um dos casos envolve um pai de 39 anos suspeito de abusar das próprias filhas de 11 e 13 anos, foi preso e encaminhado para audiência de custódia, no Fórum de Juara (709 quilômetros, ao médio-norte de Cuiabá).

A prisão dele foi feita pela Polícia Civil, após ser procurada pela mãe das meninas para relatar a suspeita de abuso sexual. No celular de uso comum com o companheiro, a mãe das garotas descobriu uma imagem da filha de 11 anos, dormindo com órgãos sexual amostra e sendo tocada pelo próprio pai, com conotação de abuso sexual.

Com base nos indícios, a Polícia Civil instaurou procedimento de apuração e confirmou que a irmã mais velha, de 13 anos, também era abusada sexualmente. A adolescente contou que desde os 6 anos era abusada sexualmente pelo pai e há cerca de 3 meses teria sofrido reiterados abusos.

O suspeito foi levado até a Delegacia de Polícia, e durante interrogatório gravado, admitiu ter feito as fotografias e apesar de negar que teria estuprado a filha mais velha, admitiu que há cerca de quatro meses, sob o pretexto de ensiná-la pilotar uma motocicleta, a levou para local ermo da cidade e, ainda em via pública, a fez praticar sexo oral nele até que ejaculasse.

O delegado de Juara, Carlos Engelmann, informou que diante das provas colhidas foi representado pela prisão preventiva do investigado e a medida deferida pelo juízo da Terceira Vara da comarca. No mesmo dia o suspeito teve a prisão cumprida. Ele passou por audiência de custódia e em seguida seria encaminhado à cadeia pública de Juara. O inquérito policial será concluído no prazo de 10 dias.

Já na região do Aricá, em Cuiabá, um homem de 43 anos, foi preso pela Polícia Militar, após sequestrar e tentar subornar a enteada, de 14, para que ela mantivesse relações sexuais com ele. O caso ocorreu na Estrada do Aricá, na zona rural de Cuiabá. Após a negativa da menina, ele a abandou na estrada e fugiu em alta velocidade. A menina acionou a Polícia Militar e contou que o seu padrasto havia lhe chamado para fazer um serviço e, no trajeto, mudou o curso e seguiu para a Estrada do Aricá.

Após, ele estacionou e teria lhe oferecido uma quantia de R$ 1 mil em troca de sexo, o que foi negado pela menor. A vítima relatou ainda, que na semana passada, o homem lhe obrigou a ingerir bebidas alcoólicas e abusou sexualmente dela. A polícia fez rondas na região e conseguiu localizar o suspeito.

O homem foi preso e encaminhado para a Central de Flagrantes da capital, onde foi constatado uma passagem criminal em seu nome, também por estupro, mas contra a sua própria filha. O caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica).

 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O Brasil já ultrapassou as 100 mil mortes pela Covid-19. Para você, quem tem culpa?
O presidente Jair Bolsonaro
Os governadores
Os prefeitos
Ninguém. A doença é incontrolável
PARCIAL