NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Segunda-feira, 10 de Agosto de 2020
POLÍTICA
Quinta-feira, 11 de Abril de 2019, 09h:37

IMPROBIDADE

Emanuel, Riva e Bosaipo viram réus por suposto desvio na AL

A juíza Célia Vidotti, da Vara de Ação Civil Pública e Popular, aceitou denúncia do Ministério Público Estadual contra o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB), os ex-deputados José Riva e Humberto Bosaipo e mais cinco pessoas em susposto esquema que teria desviado R$ 486,9 mil na Assembleia Legislativa, em 2002. Com a decisão, eles se tornam réus em uma ação por improbidade administrativa. A decisão é do dia 1º de abril. A ação cita ainda o ex-deputado Benedito Pinto, Joel Quirino Pereira, José Quirino Pereira, Geraldo Lauro, José Carlos Freitas Martins; e o espólio dos dois falecidos Nivaldo de Araújo e Nico Baracat, que também foi deputado. A ação teve início em 2005. No entanto foi travada por inúmeras medidas protocoladas pelos acusados - como pedidos de suspeições contra juízes e questionamentos quanto à constitucionalidade da própria criação da vara onde a ação tramita. “Assim, existindo elementos a indicar a prática, em tese, de ato de improbidade administrativa, suficientes para o prosseguimento da ação, o recebimento da petição inicial é medida que se impõe, sendo a instrução processual o momento adequado para a análise acerca da existência e autoria ou não, dos atos de improbidade administrativa atribuídos aos requeridos”, decidiu a magistrada. Na ação em questão, o MPE apontou que o esquema foi liderado pelos então deputados José Riva e Humberto Bosaipo que, como integrantes da Mesa Diretora da Assembleia, teriam emitido cheques a várias empresas, simulando que eram relativos a pagamentos a supostos fornecedores. As cártulas dos cheques, conforme o MPE, foram usadas por Riva e Bosaipo para fazer operações financeiras na Confiança Factoring, do ex-chefe do crime organizado em Mato Grosso, João Arcanjo Ribeiro.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL