NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 02 de Dezembro de 2020
POLÍTICA
Quinta-feira, 19 de Novembro de 2020, 16h:55

CONTRA TODOS

PT liga Abílio Jr. à extrema direita e Emanuel Pinheiro, ao fisiologismo

Cúpula do partido em Cuiabá diz que, qualquer que seja o vitorioso em Cuiabá, vai ser sempre oposição

KAMILA ARRUDA
Da Reportagem
Divulgação
Julier Sebastião, que foi candidato do PT a prefeito de Cuiabá: partido será sempre oposição

O Partido dos Trabalhadores (PT), que disputou a eleição majoritária com o ex-juiz federal Julier Sebastião, optou por não declarar apoio formal a nenhum candidato no segundo turno em Cuiabá.

A cúpula da agremiação recomendou que seus eleitores e filiados votem contra o vereador Abílio Junior (Podemos), que disputa o comando do Palácio Alencastro contra o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). 

Para os petistas, o parlamentar representa a "extrema direita - a imagem do Governo Bolsonaro".

Além disso, criticou a postura do vereador.  

"A forma desrespeitosa e destemperada como o vereador exerceu seu mandato, usando dos recursos públicos, da verba de gabinete para disputar as eleições, as denúncias de familiares fantasmas na Assembleia Legislativa, são provas da hipocrisia do discurso de combate à corrupção que utiliza para justificar sua violência contra as instituições, contra as mulheres e contra os servidores púbicos. Cuiabá não merece ser governada por quem não consegue distinguir a esfera privada da esfera pública e, confunde fiscalização com violência e desrespeito; fé com fundamentalismo religioso e destruição do Estado Laico", destacou a Executiva do PT, por meio de uma carta aberta, divulgada nesta quinta-feira (19). 

Já o prefeito Emanuel Pinheiro é associado pela legenda ao “fisiologismo, clientelismo e uso dos recursos públicos atendendo a interesses privados, o que gera políticas públicas fragmentárias e insuficientes para atendimento da população cuiabana”. 

"Além disso, está alinhado à política ultra-liberal, sendo seu partido base de sustentação do Governo Bolsonaro, contribuindo diretamente para a destruição dos direitos da classe trabalhadora", completou a nota. 

Diante disso, o PT afirmou que, independentemente do candidato que sairá vitorioso do pleito, que ocorrerá no próximo dia 29, o seu posicionamento será de oposição. 

A legenda garantiu uma cadeira no Legislativo Cuiabano com Edna Sampaio.

“Independentemente do resultado do segundo turno, ao PT caberá a oposição qualificada, fiscalizará com firmeza o uso dos recursos públicos e, representará com altivez os interesses da classe trabalhadora de Cuiabá, na Câmara Municipal”, finalizou a nota.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Você acha que o Cuiabá Esporte Clube tem chance de acesso à Série A do Brasileirão?
Sim
Não
Ainda falta estrutura
Precisa investir no elenco
PARCIAL