NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Domingo, 12 de Julho de 2020
Primeira Página
Quarta-feira, 02 de Janeiro de 2019, 18h:10

CASA CIVIL

Carvalho trabalha para ter maioria na AL

O novo chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, acredita que o governador Mauro Mendes (DEM) não terá dificuldades em aprovar projetos na Assembleia Legislativa. Isto porque, segundo ele, grande parte dos parlamentares estarão na base de sustentação do Executivo Estadual. Carvalho afirmou que já vem trabalhando na construção de uma relação harmoniosa com o Legislativo, e aposta em até 18 deputado estaduais como base. “Nós teremos uma base muito forte. Entre 16 a 18 deputados nós vamos ter em nossa base, que estamos construindo”, enfatizou o secretário que ficará responsável pela relação do Governo com os demais Poderes. De acordo com ele, o diálogo com os parlamentares vem sendo construído desde o período de transição. “Não estou vendo dificuldades, muito pelo contrário, o diálogo é aberto e transparente. Quando você fala a verdade, não tem porque essa relação não ser institucional e produtiva. E é o que a gente está construindo", explicou. Como prova disso, o secretário cita o apoio que a atual administração está recebendo para a aprovação dos projetos que devem ser encaminhados para a Assembleis Legislativa na próxima semana. “Tem uma série de demanda que nós vamos mandar para Assembleia ainda neste mês. Os deputados que estavam nessa legislatura estão dando total apoio ao que o governador Mauro Mendes tem proposto”, garante. No que tange a eleição da Mesa Diretora, que ocorre em 1º de fevereiro logo após a posse dos parlamentares eleitos, Carvalho afirmou que não haverá nenhuma interferência do Executivo. “Não cabe ao Poder Executivo interferir na eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa. Nós estamos respeitando os Poderes da forma que eles foram constituídos. Então não estamos interferindo nisso, não estamos participando. A nossa relação com a Assembleia neste mês é apenas levar as demandas do governo e discutir logicamente o necessário para que possamos ter uma boa gestão”, concluiu. (KA)

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você achou da decisão da Justiça de decretar lockdown em Cuiabá e VG?
Acertada
Demorou
Antes tarde...
Tanto faz
PARCIAL