NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Terça-feira, 07 de Julho de 2020
Primeira Página
Terça-feira, 08 de Janeiro de 2019, 17h:57

MUDANÇAS

Governador adia para amanhã entrega de projetos na AL

O governador Mauro Mendes (DEM) se reúne na manhã desta quarta-feira (09) com os 24 deputados estaduais por Mato Grosso, para fazer um balanço das finanças do Estado. A intenção do democrata é expor aos parlamentares as dificuldades financeiras que Mato Grosso vem enfrentando, e apresentar quais as medidas que serão adotadas daqui para frente, com o intuito de reverter este quadro. A informação é do presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Eduardo Botelho (DEM), que se reuniu com o governador na manhã de ontem, terça-feira (08), para debater os projetos de lei que serão encaminhados para a Casa de Leis. O deputado estadual Dilmar Dal’Bosco (DEM) também participou do encontro. Inicialmente, as mensagens seriam protocoladas na Assembleia na tarde de ontem. No entanto, o chefe do Executivo Estadual optou por enviar as propostas na quinta-feira (10), após a reunião com os parlamentares. Mendes quer conquistar a confiança e o apoio dos deputados para garantir a aprovação das mensagens que, segundo ele, visam garantir o equilíbrio fiscal do Estado. “Nós estamos vivendo um momento que o Estado chegou à beira de um colapso. Nós estamos com um rombo nas contas de quase R$ 4 bilhões, bem mais do que a gente esperava. Precisamos fazer um plano de recuperação do Estado, e isso vai levar tempo. Precisamos trabalhar em um plano de recuperação de receitas, para conseguir equilibrar as despesas ao longo de dois a quatro anos, e também em um projeto a longo prazo, para que daqui a oito anos em diante o estado possa ter capacidade de investimento”, disse Botelho. O encontro de Mendes com os parlamentares está marcado para as 11 horas no Palácio Paiaguás. “São leis importantes que serão debatidas com a Assembleia Legislativa e com os setores envolvidos, dentro da Assembleia. Lá é a Casa da Democracia, que representa todos os segmentos, e tenho certeza que serão aprovadas porque são imprescindíveis para tirar Mato Grosso do buraco”, completou. No total, serão encaminhados ao Parlamento Estadual quatro projetos de leis. Entre eles a reforma administrativa, a qual prevê a redução no número de secretárias e ainda o corte de mais de três mil cargos comissionados; o substitutivo da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2019; e a proposta de reformulação do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab). “Esse projeto traz algumas alterações, sendo que a maior delas é a garantia de mais de R$ 500 milhões desse fundo arrecadado à Infraestrutura, coisa que não estava acontecendo anteriormente, porque o dinheiro arrecadado caía na Fonte 100 da Conta única e esse valor estava sendo utilizado basicamente para pagar salário ou até financiamento de Infraestrutura”, explica Mendes o projeto referente ao Fethab. Hoje, o Parlamento Estadual já retoma as suas atividades normais com a realização de duas sessões plenárias, sendo uma pela manhã e outra à tarde. Na oportunidade, serão apreciados vetos e outras mensagens que já se encontram em andamento na Casa de Leis.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você achou da decisão da Justiça de decretar lockdown em Cuiabá e VG?
Acertada
Demorou
Antes tarde...
Tanto faz
PARCIAL