NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 05 de Agosto de 2020
Primeira Página
Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2016, 20h:34

Governador faz balanço e aposta em ano promissor

O governador Pedro Taques (PSDB) acredita que caminha em 2016 para ser marcado por atos administrativos benéficos à população, após 2015, primeiro ano de sua gestão, ser marcado por medidas de contenção de despesas. Em entrevista à Rádio Nazareno, em Cuiabá, Taques declarou que as recentes ações de governo como a viagem a Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, para participar do Fórum Global para Inovações da Agricultura, lhe permitiu firmar contatos para ampliar e fortalecer com o mercado internacional a economia estadual. “No cenário produtivo nacional Mato Grosso produz 39% do milho, 35% da soja, 27% do pescado de água doce, tem o maior rebanho bovino do Brasil, com 29 milhões de cabeça de gado, e tem o 6º maior plantel de suíno. Com toda produção, o Estado tem condições de atender às necessidades de outros países, que estavam no Fórum Global, e de abrigar indústrias estrangeiras interessadas em processar o que produzimos aqui”, comentou Pedro Taques. Com a perspectiva de receber investimentos estrangeiros, Taques declarou que está intensificando os investimentos na área da Educação, para que não ocorra o ‘apagão de mão de obra’. “É importante a Educação, porque nós vamos crescer economicamente. Agora se não prepararmos o nosso povo e qualificar o cidadão, nós teremos uma grande dificuldade lá na frente”, explicou. Nesse ponto, o governador destacou os investimentos em 2015 em torno de R$ 44 milhões para reforma de escolas estaduais, e para este ano novas escolas serão construídas, com instalação de ar-condicionado em todas as 754 escolas públicas de Mato Grosso. As ações na área de Saúde foram destaque ainda durante a entrevista. O programa ‘Caravana da Transformação’, que será lançado no próximo mês, e os investimentos para combate ao Aedes aegypti, e injeção de recursos na construção de novos hospitais foram pontuados durante a entrevista na Rádio Nazareno. “Estamos repassando mensalmente recursos para o Hospital São Benedito, para a construção do novo pronto-socorro, à prefeitura de Várzea Grande para a UPA e também ao Hospital Metropolitano, sem contar os consórcios intermunicipais a quem o Estado tem dado apoio também”, relacionou Pedro Taques. No encerramento da entrevista, o tema foram as obras de conclusão do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). O governador pontuou que com os mesmos recursos para instalação dos 22 quilômetros de trilhos do sistema, orçado em R$ 1,4 bilhão, daria para duplicar a rodovia que liga Rondonópolis ao Posto Gil, em Diamantino, ou trazer a ferrovia de Rondonópolis até Cuiabá. “Foram já gastos 1,06 bilhão, e pouco foi entregue. Após a entrega pela KPMG da auditoria final sobre as obras do VLT é que iremos perguntar ao cidadão se ele quer que as obras do VLT sejam concluídas, porque esta obra pertence ao povo de Mato Grosso”, finalizou o governador. (RC)

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL