NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quinta-feira, 09 de Julho de 2020
Primeira Página
Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2019, 17h:47

Pivetta defende pacote de medidas

O vice governador de Mato Grosso Otaviano Pivetta (PDT) defendeu ontem as medidas econômicas propostas pelo governo Mauro Mendes para enfrentar a crise financeira de Mato Grosso. Pivetta, um dos maiores produtores rurais de Mato Grosso, defendeu inclusive o novo modelo de taxação da agropecuária para compor o Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab), duramente criticado pelas associações dos produtores rurais. “Ninguém gosta de pagar mais”, disse Pivetta, ao concordar com as reclamações dos produtores. Porém, Pivetta disse estar convencido de que a proposta do governo, que foram encaminhadas à Assembleia Legislativa na última quinta-feira (10), é a melhor solução para o Estado. Segundo ele, todos os produtores contribuirão de forma igual para a formação do fundo. “O produtor de algodão, soja, milho e carne pagarão de forma igualitária. Esta é a solução para construirmos os caminhos que Mato Grosso precisa”, afirmou Pivetta, ao explicar que cerca de R$ 500 milhões do Fethab serão usados anualmente para a construção das estradas e que cerca de R$ 900 milhões irão para a conta do Estado, para ter a destinação que o Executivo bem desejar. Para Pivetta, os R$ 500 milhões que serão destinados as estradas, darão, a médio prazo, retorno aos produtores rurais, que necessitam das estradas para escoar a produção. O problema, segundo o vice, é que hoje os produtores não acreditam que o governo vá usar os recursos para as estradas. “Eles temem que o dinheiro suma no buraco negro da máquina pública”, disse. Desde o governo Silval Barbosa, passando pelo governo Pedro Taques, os recursos do Fethab foram desviados para outras finalidades, que não a construção de estradas e habitação, como originariamente o fundo foi criado no governo Blairo Maggi. Pivetta, que como vice governador esta acompanhado o trabalho da Secretaria de Infraestrutura – responsável pelas obras das estradas– disse que no atual governo a quantia destinada às estradas pelo Fethab serão aplicadas de forma correta.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você achou da decisão da Justiça de decretar lockdown em Cuiabá e VG?
Acertada
Demorou
Antes tarde...
Tanto faz
PARCIAL