NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sábado, 11 de Julho de 2020
Primeira Página
Quinta-feira, 03 de Novembro de 2016, 20h:51

Taques discute reforma com secretários e deputados

O governador Pedro Taques (PSDB) reuniu na manhã de ontem com nove integrantes do secretariado para debater as reformas administrativa e tributária. O conjunto de medidas, que estão sendo chamadas nos bastidores de Pacote de Sobrevivência. Ontem à noite, Taques deveria jantar com deputados da base governista onde seria tratado do assunto. Taques também debateu com o secretariado o planejamento financeiro para evitar que os salários sejam escalonados novamente, o que depende do recebimento do FEX na ordem de R$ 400 milhões e de repasses federais que chegam a R$ 373 milhões. Neste mês, os servidores com vencimentos até R$ 3 mil receberam em 31 de outubro e o pagamento do restante deve ser efetuado até o próximo dia 10. O chefe da Casa Civil Paulo Taques informou que o Executivo pretende retomar as conversas sobre a reforma administrativa, que ficaram suspensas durante o período eleitoral para garantir a conclusão até dia 15 de novembro. Informa ainda que as medidas previstas inicialmente, que incluem extinção ou fusão de pastas e autarquias, podem ser ampliadas com objetivo de avançar no enxugamento da máquina e contenção de despesas. “Semana que vem é o prazo limite para mostrar o projeto de reforma administrativa para os deputados da base aliada. Como sempre digo é importante que deem sugestões. Temos na Assembleia diversos parlamentares que já foram chefes de Executivo por vários mandatos”, disse Paulo Taques. Sobre a reforma tributária, o Executivo aguarda a conclusão do estudo encomendado da Fundação Getúlio Vargas (FGV) para iniciar a discussão das medidas com os Poderes e os segmentos econômicos. Somente após o encerramento dos debates, a mensagem será encaminhada para apreciação do Legislativo.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você achou da decisão da Justiça de decretar lockdown em Cuiabá e VG?
Acertada
Demorou
Antes tarde...
Tanto faz
PARCIAL